Professora denuncia que sofreu agressões de aluna dentro de escola em Santa Cruz



A professora Ivania Barros que também responde pelo Sindicato dos trabalhadores em Educação da cidade de Santa Cruz, fez uma denúncia nas redes sociais relatando que foi agredida por uma aluna em sala de aula, ela diz que não é a primeira vez que a menina tem esse tipo de comportamento, mas disse também que nenhuma das pessoas agredidas fizeram qualquer denúncia contra a jovem que tem 15 anos.

“Eu reclamei a menina que estava jogando o prato com a sopa na cerâmica podendo causar acidentes, então ela virou para mim e disse que ia jogar na minha cara, fiz de conta que não ouvi, mandamos chamar o Conselho Tutelar antes do intervalo porque a menina realmente jogou o prato com sopa na cara de outra aluna. Ela veio me agredir fisicamente por que eu liguei o celular para gravar o que estava dizendo, já que toda vez nunca tem prova do que ela diz e faz”, comentou a docente.

A professora viajou hoje para formalizar o Boletim de Ocorrência na delegacia de Ouricuri, e disse que espera que a justiça tome as devidas providências.

“Ela ainda jogou um copo de vidro que estourou nos meus pés e eu fiquei com estes hematomas de mordidas no braços, ela todo dia perturba alguém, não, temos que tomar providências, ela não respeita ninguém”, reclamou.(Informações de Cidinha Medrado/VP AM)

Comente essa postagem